Meridianos extraordinários – Métodos de aplicação

Vejo muitos alunos e profissionais de acupuntura receosos em utilizar os vasos maravilhosos, por eles terem uma relação direta com a energia ancestral, eu os utilizo exatamente por esse motivo, um corpo doente, com energias desequilibradas consomem muita energia ancestral, pois ela permite o corpo a se recuperar mais rápido, além de contribuírem para uma melhor distribuição do qi nutritivo e defensivo.

São chamados de meridianos extraordinários por não terem uma relação direta com os meridianos principais, porém exercem influência nesses meridianos principais. Todos os meridianos extraordinários derivam direta ou indiretamente do rim e retêm a energia nele armazenada.

No total são 8 meridianos extraordinários que possuem um ponto de abertura onde é acionado para que desempenhe sua função em prol de uma recuperação mais rápida.

Vaso direto (Ren Mai) – P7

Vaso governador (Du Mai) – ID3

Vaso penetrador (Chong Mai) – BP4

Vaso da cintura (Dai Mai) – VB41

Vaso Yin de conexão (Yin wei mai) – CS6

Vaso Yang de conexão (Yang wei mai) – TA5

Vaso Yin do caminhar (Yin qiao mai) – R6

Vaso Yang do caminhar (yang qiao mai) – B62

Esses citados acima são os pontos de abertura de cada meridiano extraordinário e esses pontos podem ser associados em duplas que desempenham funções específicas a partir da associação desses vasos, segue uma breve indicação de cada dupla.

CS6 + BP4 – Pontos que trabalham o elemento fogo e terra, uma dupla muito eficiente no tratamento de desequilíbrios relacionados a umidade e calor, como por exemplo obesidade, alterações de forma pelo corpo, preocupação, ansiedade, pressão alta, entre outros problemas relacionados ao desequilíbrio desses elementos.

P7 + R6 – Essa dupla atua principalmente em problemas relacionados ao elemento metal e água, porém sua ação é maior em distúrbios do elemento metal, como problemas respiratórios, garganta, dificuldades respiratórias e questões emocionais relacionadas a insatisfação, tristeza e depressão.

ID3 + B62 – Essa combinação dos meridianos extraordinários tem uma ação no elemento fogo e água, porém sua atuação principal é relacionada aos distúrbios do elemento água preferencialmente quando nos referimos a questões do sistema osteoarticular, como dores na coluna, joelho, envelhecimento precoce, medo e síndrome do pânico.

TA5 + VB41 – Uma combinação dos meridianos do elemento fogo e madeira, porém sua ação principal é no elemento madeira, essa dupla extraordinária atua em questões relacionadas a tendinites, dores na articulação de ombro, problemas ginecológicos, distúrbios hormonais, raiva e mágoa.

Cada dupla de vasos maravilhosos desempenham uma função específica, porém acredito ser importante não esquecermos que cada meridiano extraordinário tem sua função isolada que deve ser levada em consideração também, por exemplo dentro os 8 meridianos temos 3 que são os principais que tem uma atuação no sistema embriológico, portanto devem ser consideradas sua indicação específica podendo potencializar mais ainda seu tratamento, que são eles Vaso governador (ID3), Vaso diretor (P7), Vaso penetrador (BP4). Esses três vasos são vistos como fonte de formação dos outros meridianos extraordinários, eles percorrem levando energia para parte interior e exterior do corpo, tem uma ação profunda em relação ao temperamento individual de cada pessoa, e por terem uma ação na embriologia, possuem uma relação direta com o processo de fertilidade, pois auxiliam no processo de maturação dos órgãos sexuais.

Método de aplicação da dupla de vasos maravilhosos

Regras de puntura

  1. Mulher, começa a puntura do lado direito.
  2. Homem, começa a puntura do lado esquerdo.
  3. Patologias acima do diafragma, começa a puntura do ponto mais baixo.
  4. Patologias abaixo do diafragma, começa a puntura do ponto mais alto.
  5. O último ponto a ser punturado do vaso maravilhoso é o primeiro a ser retirado.
  • Método de puntura cruzado. Você abre o ponto de um lado direito ou esquerdo, dependendo da referência acima e fecha com o lado oposto. (Exemplo: Tratamento para dor de cabeça em uma mulher, como a cabeça é o alvo do tratamento e está acima do diafragma, começa a puntura com o ponto mais baixo, que no caso seria VB41 do lado direito, depois de realizar a puntura dos outros pontos você fecha o vaso maravilhoso com o ponto TA5 do lado esquerdo).
  • Método de puntura unilateral. Abre-se o ponto de um lado e fecha com o outro ponto do mesmo lado. (Exemplo: Tratamento para dor de cabeça apenas do lado direito, em uma mulher, como a cabeça é o alvo do tratamento e está acima do diafragma, começa a puntura com o ponto mais baixo, que no caso seria VB41 do lado direito, depois de realizar a puntura dos outros pontos você fecha o vaso maravilhoso com o ponto TA5 do lado direito).
  • Método de puntura cruzado utilizando dois vasos maravilhosos. Torna-se necessário selecionar a dupla primária e a secundária. A dupla primária será selecionada de acordo com a prioridade do seu tratamento, no caso o seu foco principal. Primeiro, abre o vaso maravilhoso primário, utilizando a referência acima e abaixo, direita e esquerda e do lado oposto você abrirá o segundo vaso maravilhoso, e para fechar você fará o oposto. (Exemplo. Paciente homem, com esteatose hepática, onde há um acúmulo de gordura que tem relação com o elemento terra, porém foi alojado no fígado que tem relação com o elemento madeira, nesse caso podemos utilizar as duplas CS6 + BP4 e TA5 + VB41, nesse caso a dupla do elemento terra poderia ser a primária por ter um acúmulo de gordura. Por ser homem, a puntura é iniciada do lado esquerdo e por ser um problema no fígado começa a puntura pelos pontos acima do diafragma).

Abertura de dois vasos – método cruzado. 

Ponto 1. CS6 (lado esquerdo)

Pontos 2. TA5 (lado direito)

Fechamento dos vasos.

Ponto 3. VB41 (lado esquerdo)

Pontos 4. BP4 (lado direito)

A técnica de puntura que mais utilizo é o método cruzado ou cruzado com dois vasos maravilhosos, pois utilizando os pontos cruzados, consigo enviar energia por todo o corpo. O método unilateral é mais indicado quando o paciente tem um problema específico em um lado apenas, por exemplo um paciente que teve um AVC e apresenta sequelas apenas do lado direito, ai sim utilizo o vaso maravilhoso apenas do lado acometido, pois assim é possível direcionar mais energia para aquele lado.

18/11/2020

6 responses on "Meridianos extraordinários - Métodos de aplicação"

  1. no metodo cruzado começo em uma mulher por exemplo no lado direito, sigo para o proximo ponto de abertura do outro lado ou ja para o ponto do acoplado?

    • Para utilização do método cruzado você puntura por exemplo, mulher do lado direito, segue para o próximo ponto de abertura do lado oposto. Os pontos acoplados são os últimos a serem punturados.

  2. Para uso do Yang Qiao Mai em uma mulher, começo pelo B62 lado direito; o proximo ponto seria o B62 lado esquerdo ? ou ID3 (acoplado) do lado esquerdo (oposto ao lado inicial)?

    • Seguindo esse exemplo, começa a puntura pelo B62 do lado direito, próximo ponto B62 do lado esquerdo, puntura todos os outros pontos e fecha com ID3 do lado esquerdo e por último ID3 do lado direito. Esse é o método de puntura bilateral.

Leave a Message

O seu endereço de e-mail não será publicado.